quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Viver com transtorno de ansiedade.

"Então...
queres saber o que acontece quando se tem medo de ter medo.
Bem...se eu pudesse,eu ficaria em casa o dia inteiro porque fico a pensar o que acontece se eu tiver um ataque de pânico em público.
Ir as compras ou a farmácia é tortura então eu planejo com antecedência.
Eu penso nas formas de escapar.Quando estou de pé na fila,eu começo a pensar em como tudo pode dar errado.
Lugares desconhecidos paralizam me porque eu não tenho um plano de emergência para eles. Eu odeio multidões. Festas,festivais,teatros :eu costumava adorar tudo isso, mas agora está fora de questão.
Eu odeio autocarros , aviões, metros ,porque não há uma forma fácil de se escapar. Eu não conheço muita gente nova ,parte porque eu tenho receio, parte porque é difícil conhecer alguém novo quando se fica na cama o dia inteiro.
Eu...penso demais.Eu penso na frente,atrás ,nos lados. Se isso existe ,eu pensei nessa merda. E não é como se eu pudesse parar e escolher não ter ansiedade. Não é uma simples preocupação.
Mas chega uma hora em que tu simplesmente precisas sair de casa ou ao contrário morres de fome e provavelmente tens alguém que realmente se importa,então tens que fazer um esforço. Então eu saio pela porta ,que é uma rota simples.
Eu passo pelos subúrbios, pelos bosques... Eu quase posso ver o lugar para onde vou. Então há o recúo. Sinto a rua a inclinar se , a estrada é tão cinzenta que queima os meus olhos e eu provavelmente vou voar pro espaço, porque não consigo sentir os pés no chão. Um milhão de pensamentos passam pela minha cabeça.
"não ,eu já passei por isto antes, "eu estou bem", eles podem ver me ? " ," Alguém vai chamar o 112? ," Eu não consigo respirar"," Eu vou passar mal"," Por favor ,façam isto parar".
Desta vez tive sorte.Eu CONSEGUI e....com certeza ninguém sabe. Não quero mostar as minhas fraquezas ,porque não quero que me julgem. Dirão que sou chorona,dramática.
Enfim,então...é mais fácil esconder. As pessoas não compreendem como frequentemente eu apenas me deito na cama a chorar e a tremer sem razão aparente. Eles não sabem como tantas oportunidades ou simples atuvidades quotidianas,eu tenho que dizer não porque essa atividade paraliza me simplesmente.
Tudo que eles vêem é alguém que se entrega a auto piedade ,pensando que sou preguiçosa ou rude.
É por isso que não saio. Mais uma vez não.
A  verdade ,é que eu estava deitada no chão da casa de banho,incapaz de me mover,completamente exausta,depois de outro ataque de pânico. Por isso não fui.
Todos os meus planos para o futuro,perderam se em algum lugar ao longo do caminho ,porque,como posso pensar em estudar noutra cidade,entre estranhos quando nem consigo ir a uma loja próxima sem pensar que o mundo caiará em mim.
E eu penso que as pessoas não entendem simplesmente,porque nós pensamos que sofrem de transtorno mental apenas andam sem maquilhagem ,com roupas esfarrapadas  e cabelo sujo...como se fossem completamente loucos.
E a verdade é que ...é exatamente o oposto.Nós tentamos continuar com o que resta da nossa sanidade. Pelo menos tento parecer normal. E quando me abro finalmente e conto a alguém,as pessoas desligam se."

Fonte: https://www.facebook.com/onesadness/videos/703328456515804/

( Este texto mexe muito comigo,diz muito do que passei á 2 anos ... )









6 comentários:

  1. Olaaa minha querida , sei o que è isso fiquei assim tambem a 3 anos , quer dizer fiquei pior entrei mesmo em esgotamento mas foi pela morte da minha filha .. mas tens k ultrapassar esses teus medos querida , nao deixes de viver a tua vida por isso enfrenta os teus medos e os teus obstaculos pensa sempre que vais conseguir nao desistas a primeira . . Sempre que precisares de alguma coisa ou falar sabes como me contactar querida .. bjnho grande 💕💕

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola,muito obrigada Andreia . Pode contar comigo também! beijinhos grandes!!

      Eliminar
  2. Sei bem o que isto e, felizmente controlo bem a minha, vivo um dia de cada vez e vou fazendo os meus exercícios de respiração :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  3. Ohhh minha baby nao fazia ideia ke passavas por esse sofrimento ke tanta gente ignora, ou critika... mas kem sofre kom ixo é ke sabe dar o valor...
    Infelizmente eu tb sofro de ansiedade, parece ate ke é a doenca do ano...
    Fui bastantes vezes ao hospital porkausa da ansiedade, o coracao dispara ke fiko sem kontrol...
    Ultimamente tenho.me autocontrolado...
    Temos ke aprender a conviver ou pelo menos a autocontrolar e suavizar a ansiedade...
    Melhoras para nós kerida...

    ResponderEliminar
  4. Exatamente.
    Eu chegava a desmaiar e ficar sem memória ,mas agora acalmou.
    Temos de autocontrolar e viver com este nosso grande defeito .
    Muito obrigada e as melhoras grandes.
    Muitos beijinhos❤

    ResponderEliminar